Imagem capa - 3 Motivos Inusitados Para Você Fazer Um Ensaio De Gestante por Ricardo Leão
Dicas Gestante

3 Motivos Inusitados Para Você Fazer Um Ensaio De Gestante

Descubra os motivos e ainda ganhe um presente no final deste post!



 

MOTIVO NÚMERO UM


Você provavelmente vai se arrepender de não ter feito! Sim, escuto muito isso, não são raras as mamães que vem ao estúdio na sua segunda gestação, provavelmente a última, pois nos dias atuais criar um filho não é tarefa fácil e bastante dispendiosa. O que nos leva a outro motivo, mas aqui vou chamar de motivo UM PONTO DOIS. Já que ainda na barriga, começam as despesas, as preocupações. Vamos pelo básico: berço, enxoval, carrinho do bebê, idas ao médico, enjoos, insegurança, euforia, medos… são definitivamente as 40 semanas mais rápidas na vida de uma mulher.  Nossa, ainda preciso pensar no chá de bebê! Quem tem tempo para se preocupar com fotos? - Ainda mais quando se olha no espelho e nem se reconhece, afinal tem um pequeno mexendo aí dentro, um alien crescendo a cada semana em sua barriga, gerando estrias, manchas, te fazendo comer ainda mais! ...então, fotos nem pensar! Perda de tempo, jogar dinheiro fora! Mais uma daquelas coisas na listinha que dizem o que toda grávida tem que fazer. Frívolo, artificial, superficial, e tantos outros adjetivos… Talvez ler este post seja uma das raras vezes que você parou para pensar nisso! Então fica aí, que no final deste texto quero lhe dar um presente inesquecível, que vai lembrar para o resto de sua vida!


 


MOTIVO NÚMERO DOIS


Quem aí tem uma foto sua na barriga de sua mãe? Quase ninguém… eu não tenho, e minha irmã mais velha aproveitou-se disso para fazer "Bullyng" comigo por anos! Só que naquela época não existia esse nome, era maldade mesmo rsrsrs coisas de irmã mais velha. Contava que eu tinha sido achado na lata do lixo! E cadê a foto para provar o contrário? Ahhh meu filho, foi a cegonha que te trouxe, disse minha mãe. - Que cegonha grande e forte essa! Respondi eu… porque nessa foto aqui eu já estou grande, e segurando o telefone (é que sou da época que todo mundo tirava uma foto segurando um telefone, era um acontecimento) Só que hoje em dia, em tempos de YouTube, a história da cegonha não cola mais! No mundo digital em que vivemos, nossos filhos já nascem sabendo passar o dedinho na tela, onde as babás estão perdendo o emprego para smartphones e tablets, alguém aí já, tentou ir ao restaurante com seu filho sem um tablet? Impossível! Estamos cada vez mais nas nuvens, estamos indo para céu antes de morrer, entrelaçados em algoritmos que parecem adivinhar o que pensamos, e logo puft! Um post como esse aparece na sua telinha, mas que bom que ainda está por aqui lendo!




MOTIVO NÚMERO TRÊS


Que história pretende deixar para seu filho? A Cegonha não cola mais, daqui a pouco até a chaminé do papai Noel será digital, ele vai entrar pela TV e deixar créditos de presente e ainda com 20% de cashback. A história de nosso filhos começa no ventre e se espalha em suas conquistas durante a vida, por isso tiramos fotos de tudo que se relacionam a eles; aniversários, batizados, formatura, entre tantos outros momentos. Por isso acredito nesse poder que a fotografia tem de trazer essa memória de volta. Além do sentimento agregado a fases que passamos em nossa própria vida.  Fica tudo ali, registrado em um click! A história de nossos filhos começa ainda na barriga, É o amor puro, na sua raiz, bruto, forte, capaz de transformar a nós e aqueles que nos cercam, por isso sou apaixonado pela fotografia de gestante, estou ali, fazendo parte, escrevendo com imagens essa história que se inicia, estou eternizando o nascimento do amor incondicional! Uau! Não dá para pensar só em dinheiro, nas coisinhas lindas que temos que comprar mas acabarão doadas ou vendidas, tão pouco em estrias, ou pensamentos como estou feia, gorda, meu nariz está enorme, o umbigo então, nem olho mais… ainda mais em tempos de photoshop. A fotografia é o maior legado que podemos deixar para eles, muitas mais que belas imagens, é o sentimento de amor, dedicação, envolvimento, disponibilidade e entrega que um filho nos ensina a cada pequeno gesto, um olhar, um sorriso genuíno. Isso é inestimável. 




 Está Grávida? Registre esse momento!


Esse título tirei de um depoimento de uma de minhas clientes, que você vai ler no final deste post. Eu acredito tanto no poder que um ensaio tem não só para a auto-estima da mamãe, quanto do legado que é criado para nossos filhos. Imagino no futuro ele sentado ao seu lado, querendo ver as fotos do tempo que ele ainda era uma barriga, como ele era pequenininho e nem sabia andar, e no amor que transborda no seu olhar para ele, nos avós que ainda eram vivos e estavam lá, reunidos por ele. Sem fim são os motivos que o amor é capaz de gerar. Acredito tanto que vou lhe dar aquele presente para a vida toda!


Apenas Para As 15 Primeiras Mamães Que Fecharem o Pacote ENSAIO COMPLETO*,


Vou dar de presente a MELHOR FOTO impressa no tamanho 15x21 por mês durante UM ANO! 
 Faremos um mini-ensaio todo mês para acompanhar o crescimento do seu bebê, e assim juntos contaremos a história dele ou dela até completar 1 ano. Esse é um presente que vai guardar para vida toda! Você não paga nada pelo ensaio e não é obrigada a comprar outras fotos, mas caso deseje terá um desconto diferenciado! Vamos encher caixinha** com muitos momentos de amor!


* O Ensaio completo incluí: 20 fotos impressas no tamanho 15x21 + Estojo personalizado(**caixinha com capacidade para 120 fotos) + Poster no tamanho 60x90.




Vamos lá!


Manda um "Oieeeee..." para mim, Espero sua mensagem!
 Para dar um empurrãozinho em nosso primeiro contato é só clicar no link e enviar a mensagem já escrita pelo Whatsapp.


 Se preferir envie por email na página de contatos


Vou te enviar um pdf que explica tudo direitinho além dos valores e ótimas condições de pagamento!


Vamos fazer arte!

Te espero, um abraço carinhoso!



AH! não deixe de ler os depoimentos abaixo!





Depoimento de Fernanda Barcia


Está grávida? Registre esse momento!

Eu sempre achei que fazer foto de grávida - principalmente as cheias de produção - fosse perda de tempo, mais uma maneira de jogar dinheiro fora na longa lista do que dizem que um bebê e uma gestante precisam. Engravidei e continuei achando isso até me ver, aos oito meses, produzida diante de uma câmera e com a barriga de fora.

Foi a primeira vez que curti de verdade o estar grávida. O que, no início pareceu apenas a participação num projeto bonito, se revelou uma experiência deliciosa e com grande impacto na autoestima da mamãe aqui.

Para mim, encarar uma barriga crescendo em tão pouco tempo não foi fácil. Eu sempre fui mignon e aprendi a me amar assim. Ao longo da gravidez, contudo, minha relação com o corpo não foi das melhores. Eu me olhava no espelho e não me reconhecia. Encarava a barriga meramente como algo que iria passar. Foi com esse pensamento que topei participar do "Mensagem para você", um projeto do Ricardo Leão Fotografia. Que mal faria ter uma foto grávida? Seria só mais uma das fotos que tiramos ao longo da vida.

Num dia, ao acaso, recebi uma mensagem no Instagram com a publicação do Ricardo. Descobri que ele buscava gestantes, no período em que eu estava, para participarem de uma sessão de fotos que virariam parte de uma exposição. Para participar, ele pedia que elas escrevessem uma mensagem para seus filhos ainda no ventre. O que poderia dar errado? Juntar fotos artísticas e palavras seria apenas uma forma de fazer um registro desta fase da vida e nada mais.

O tempo no estúdio, porém, se revelou um divisor de águas na minha relação com a barriga. Hoje, se eu pudesse dar um conselho para as grávidas, ele seria: faça fotos. Isso não é mera vaidade!

Estar num estúdio, com uma câmera focada em nós, foi um tempo longe da correria do mundo, um momento de descontração que transformou meu olhar sobre o fato de ter uma barriga (temporária ) mudou. Por isso, repito: Faça fotos!

Ricardo e Ju, obrigada pelo momento tão gostoso. Foi um prazer eternizar a barriga do Miguel na companhia de vocês! 





Depoimento de Fatima Oladejo


Eu nunca me imaginei fazendo ensaio de gestante... Pra ser sincera achava frívolo e superficial. Mas minha família insistiu muito, pois seria uma lembrança da minha barriga e para o Samuel ver que não veio via cegonha afinal de contas, rs.

E hoje eu agradeço muito a eles, e ao fotógrafo (Ricardo Leão Fotografia) .

Nunca me senti tão bonita, poderosa, plena e como diriam meus amigos, dhyva!

Sempre tive problemas com minha auto estima, não me achava merecedora de ser elogiada e amar o que eu olho no espelho sem restrição. Nesse ensaio eu tive a oportunidade de deixar isso de lado e me abraçar, me deixar fluir e perder o medo de me admirar.

Logo que eu cheguei tive o apoio da minha família linda, fui maquiada de forma maravilhosa pela Thays Silva , e incentivada pelo Ricardo a me soltar e aproveitar o momento. E além disso, levei meus turbantes e invoquei e exaltei minha ancestralidade africana, o que me ajudou ainda mais a me sentir poderosa e única.

Essa reta final da gestação está um pouco complicada por problemas pessoais que não vem ao caso, mas essas fotos foram uma lufada de ar fresco no meio desse tumulto, e por isso quis dividir na minha rede social, com pessoas que torcem pela minha felicidade e sucesso. Espero que gostem tanto quanto eu! 



Eu com o Telefone. Agora imagina o tamanho da cegonha!